Foto: Agência Brasília

 

Governador foi o convidado-palestrante do encontro do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) nesta quarta-feira (18)

Ian Ferraz, da Agência Brasília

 

Em conversa com empresários do setor produtivo, secretários, dirigentes de empresas públicas e parlamentares, o governador Ibaneis Rocha reforçou que o principal compromisso de sua gestão está na questão social. “A responsabilidade social está à frente de tudo o que tocamos”, destacou o chefe do Executivo durante palestra no encontro do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), nesta quarta-feira (18), no Brasília Palace Hotel.

“A questão social é um tema importante e abrangente. Envolve quase tudo o que a gente faz no governo o tempo todo. E o que nós temos feito no governo é isso. A responsabilidade social está à frente de tudo o que tocamos”Governador Ibaneis Rocha

Fundado no Brasil em 2003 e presidido pelo empresário Paulo Octávio, o Lide é uma organização que reúne diversos setores com o objetivo de fortalecer a livre iniciativa do desenvolvimento econômico e social. A fala do governador Ibaneis Rocha foi dirigida a esse público e levou em conta o trabalho do governo nas áreas social, da saúde, da educação, da segurança pública, da economia e da infraestrutura.

“A questão social é um tema importante e abrangente. Envolve quase tudo o que a gente faz no governo o tempo todo. E o que nós temos feito no governo é isso. A responsabilidade social está à frente de tudo o que tocamos”, garante Ibaneis Rocha.

Ainda nesse campo, o governador destacou que, nas três secretarias da área – Desenvolvimento Social, Mulher e Justiça e Cidadania –, foram nomeados quase 1,6 mil servidores, o que colaborou para a criação e o funcionamento de programas como os cartões Prato Cheio e Gás. “Temos também o Cesta Verde, o DF Social, os 14 restaurantes comunitários funcionando, onde reduzimos o preço das refeições para R$ 1. E vamos ampliar para 21 restaurantes comunitários: temos dois em construção e vamos licitar os demais”, adiantou.

Ibaneis Rocha no encontro do Lide: governador falou sobre o trabalho de sua gestão nas áreas social, da saúde, da educação, da segurança pública, da economia e da infraestrutura | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

Já no âmbito das obras, Ibaneis lembrou que o DF tem 1,6 mil obras em andamento, que geraram mais de 40 mil empregos. “Essas obras têm ajudado muitas pessoas”, reforça.

Ibaneis Rocha citou as obras da W3 Sul e do Setor de Rádio e TV Sul para falar da renovação da cidade. Enumerou também viadutos em construção, como os da Epig, da ESPM, de Sobradinho, do Recanto das Emas/Riacho Fundo II, do Riacho Fundo e o do Jardim Botânico, sendo que este será licitado nas próximas semanas.

“Na educação, avançamos muito. Temos mais de 2,8 mil nomeações e esse número vai avançar porque assinei mais nomeações hoje. Crescemos em 850% o número de salas de aula reformadas e ampliadas no DF, e também zeramos o cadastro de professores”Governador Ibaneis Rocha

O Túnel de Taguatinga, maior obra do DF em andamento, também foi lembrado pelo chefe do Executivo, assim como a reforma e a manutenção de pontes, como a Costa e Silva, no Lago Sul.

Saúde, educação e segurança

O governador também listou as sete Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), as dez Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e a expansão dos hospitais regionais de Ceilândia e de Samambaia como medidas do governo. “Foram mais de 10 mil profissionais na saúde nomeados”, lembrou.

“Na educação, avançamos muito. Temos mais de 2,8 mil nomeações e esse número vai avançar porque assinei mais nomeações hoje. Crescemos em 850% o número de salas de aula reformadas e ampliadas no DF, e também zeramos o cadastro de professores”, disse o governador ao citar algumas das ações no setor.

Na área de segurança pública, Ibaneis Rocha falou da redução dos índices de criminalidade, alguns hoje comparados aos de 40 anos atrás.

Anfitrião do evento, Paulo Octávio avalia que governo e setor produtivo estão atuando em conjunto e assim devem permanecer. “Não podemos nos dispersar. Governo e iniciativa privada devem ter o mote da responsabilidade social dentro do novo panorama mundial, onde o cidadão deve ser respeitado e priorizado, principalmente os mais necessitados. Sinto no DF essa sinergia entre governo e empresários para gerar mais e mais empregos. Temos que estar juntos”, destacou.

Ibaneis Rocha destaca responsabilidade social como prioridade de sua gestão