Home Notícias Cultura ‘Vou cantar também um amor mais maduro’, afirma Duda Beat sobre novo...

‘Vou cantar também um amor mais maduro’, afirma Duda Beat sobre novo single

(crédito: Caíque Silva/Divulgação)

 

Neste domingo (14/3), a cantora pernambucana Duda Beat lançou o single ‘Meu pisêro’, o primeiro do novo projeto da artista

 

Depois de três anos de Sinto muito, álbum de estreia da pernambucana radicada no Rio de Janeiro Duda Beat, a cantora, conhecida pela sofrência pop, está de volta. Neste domingo (14/3), ela disponibilizou Meu pisêro em todas as plataformas digitais, além de um videoclipe. O single dá indícios do que Duda Beat prepara para o novo disco. Com a mistura de ritmos que lhe é característica, a cantora segue falando de amor, mas de uma maneira mais madura, sem tanto romantismo ou idealização.

“Meu pisêro, na verdade, traz uma mudança no meu jeito de cantar o amor. Muito do que se viu no último álbum segue nesse, o amor, a sofrência, o beat, o brega… Mas trouxe coisas a mais: além de cantar a sofrência, vou cantar também um amor mais maduro ou uma forma mais madura de encarar uma história que acabou ou não deu certo, vou cantar o amor romântico que dá certo, que deixa a gente feliz e realizada”, descreve a cantora.

Duda Beat em 'Meu pisêro'
Duda Beat em ‘Meu pisêro'(foto: Caíque Silva/Divulgação)

No novo single, Duda Beat segue com a mistura de ritmos que marcou o primeiro álbum da artista passando pelo pop, indie, funk e brega. Contudo, como o próprio nome anuncia, o destaque vai para o brega e o forró, principalmente, da vertente do piseiro ou pisadinha – criada no interior do Nordeste nos anos 2010, ela se caracteriza pela simplicidade da união do teclado eletrônico com a voz, em um tipo de forró mais suingado.

“Hoje, com essa música, homenageio o piseiro com aquele toque pessoal que sempre coloco no meu trabalho. Eu adoro misturar referências, ritmos e daí veio a ideia de fazer uma música no ritmo do piseiro. Fico muito feliz que cada vez mais os caminhos estão se abrindo para os mais diversos sons que o Brasil tem. Somos um país muito musical e com uma diversidade musical muito grande”, pontua Duda Beat.

Com composição e produção de Tomás Tróia e Lux Ferreira – parceiros de longa data da pernambucana e que também assinaram Sinto muito -, Meu pisêro marca ainda um amadurecimento pessoal da artista, que adianta que o novo projeto revelará mais faces de quem ela é. “Acho que tanto com Meu pisêro quanto com novo disco, o público vai poder conhecer um pouco mais sobre mim. Isso dá um frio na barriga. É quase como aquele frio na barriga do primeiro encontro, já que vou continuar cantando o amor (risos). Minha composições passam pelas minhas vivências, então, é de fato mais uma parte de mim que mostro para o público”, conta.

Duda Beat em 'Meu pisêro'
Duda Beat em ‘Meu pisêro'(foto: Caíque Silva/Divulgação)

Assombração amorosa

Com um toque de humor e apresentando uma mulher mais madura e sensual, Duda Beat afasta uma assombração amorosa no novo clipe. Na criação, dirigida por Marcelo Jarosz, as referências flertam com o cinema de terror e de suspense.

Duas perguntas para // Duda Beat

Como foi produzir nesses tempos tão difíceis?
Foi duro. Está sendo o momento de se questionar muito. Levei mais tempo do que levaria normalmente. No começo, essa “demora” foi me deixando mais angustiada, mas entendi que o momento requer uma pausa maior, um respiro. E dentro do meu planejamento, consegui me dar um prazo maior, me acolher, me entender. Sempre acredito que a arte salva. Assim como foi importante para mim mergulhar em mim e fazer nascer essa música e o disco, torço que as pessoas que vão ouvir encontrem nisso um alento, uma companhia para dias difíceis.

Juliette se destacou no BBB cantando sua música, como você vê o impacto do programa na produção cultural e no conteúdo que é consumido aqui fora?
O impacto do BBB é muito grande. Vejo isso nas minhas redes sociais. Ganhei seguidores depois de Juliette cantar Bixinho, a música teve um novo pico de plays no Spotify. É muito impressionante. A TV tem um poder de penetração na vida da família brasileira muito grande. Para mim, ouvir minha música ser cantada por Juliette no BBB é uma alegria, assim como é uma felicidade também ter Bixinho e Meu jeito de amar em Amor de mãe. Isso faz com que a música chegue a cada vez mais pessoas.

 

Com informações do Correio Braziliense